Monthly Archives: Novembro 2009

A formiga e a Cigarra

Padrão

Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra muito amigas.
Durante todo o outono, a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o período de inverno.

Não aproveitou nada do sol, da brisa suave do fim da tarde e nem o bate-papo
com os amigos ao final do trabalho tomando uma cervejinha gelada.
Seu nome era ‘Trabalho’, e seu sobrenome era ‘Sempre’.

Enquanto isso, a cigarra só queria saber de cantar nas rodas de amigos e nos bares da cidade; não desperdiçou nem um minuto sequer.

Cantou durante todo o outono, dançou, aproveitou o sol, curtiu prá valer sem se preocupar com o inverno que estava por vir.

Então, passados alguns dias, começou a esfriar.
Era o inverno que estava começando.

A formiguinha, exausta de tanto trabalhar, entrou para a sua singela e aconchegante toca, repleta de comida.
Mas alguém chamava por seu nome, do lado de fora da toca.

Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpresa com o que viu.
Sua amiga cigarra estava dentro de uma Ferrari amarela com um aconchegante casaco de vison.

E a cigarra disse para a formiguinha:

– Olá, amiga, vou passar o inverno em Paris.
– Será que você poderia cuidar da minha toca?
– E a formiguinha respondeu:
– Claro, sem problemas!

– Mas o que lhe aconteceu?
– Como você conseguiu dinheiro para ir à Paris e comprar esta Ferrari?

E a cigarra respondeu:
Imagine você que eu estava cantando em um bar na semana passada e um produtor gostou da minha voz.
Fechei um contrato de seis meses para fazer show em Paris…
À propósito, a amiga deseja alguma coisa de lá?

Desejo sim, respondeu a formiguinha.
Se você encontrar o La Fontaine (autor da Fábula original) por lá, manda ele ir para a ‘Puta Que O Pariu!!!’

Moral da História:

Aproveite sua vida, saiba dosar trabalho e lazer, pois trabalho em demasia só traz benefício em fábulas do La Fontaine e ao seu patrão.

Trabalhe, mas curta a sua vida. Ela é única!!!

Se você não encontrar a sua metade da laranja, não desanime, procure sua metade do limão, adicione açúcar, pinga e gelo, e…

Seja feliz !

IncOnstAntE, EU???

Padrão

“Aprendi com a primavera; a deixar-me cortar e voltar sempre inteira.Cecília Meireles” Cecília Meireles

Gráfico 1 - Humor de Laynara no decorrer do dia

Gráfico 1 – Mostra como a Dona do blog é inconstante, podemos observar que no período da manhã, a pessoa em questão, apresenta níveis baixíssimos de qualquer um dos parâmetros analisados (humor, chatice, paciência e alegria), no decorrer do dia os níveis dos parâmetros ficam em torno de 70 e ao fim do dia esses níveis sofrem novamente uma variação nunca vista antes, variando de 5 a mais de 140.

Conclusão: A pessoa em questão, é um ser totalmente inconstante, com variações muito altas para qualquer parâmetro analisado. Deve-se tomar cuidado no período diurno e no decorrer da tarde, pois o ser parece ficar bastante agitado, por indícios indicarem ser um animal noturno, sendo o período da noite uma boa hora para se aproximar.

♥´¸.•♥ Cada um… ♥´¸.•♥

Padrão

Desculpa não ter pedido a cada um para fazer divulgação de suas imagens, mas… Ah… faz favor, a gente já tem liberdade suficiente para isso!

Cada um com sua personalidade, seu jeito, seu modo de pensar, de agir, seus conceitos, suas brincadeiras, seus estresses e formas de descontar no outros…

Amo cada dia mais cada um! Aprendo demais com todos!

Tá tão de um jeito que cada um se acha na liberdade de se meter na vida um do outro! Maldita intimidade!

Mas é assim, vamos nos suportando dia após dia, semana após semana…

Se cobrir vira circo, se cercar vira hospício”

“Um por um…

Anastácia

Karol

Mychely

Clau

Elaine

Heitor

Darival

Lívia

Louyse
Louyse

Jana
Manú
Priscyla
Renan
Ruth

【ツ】

Período de PrOvAs

Padrão

Vamos à guerra!

Reta final do período e tem que correr… Tudo junto de uma só vez!

Essa semana:

Anatomia (Seminário de Microbiologia) – Paleontologia (Feira das profissões), (Seminário de Anatomia) – Histologia (Relatório de Paleontologia) – Microbiologia – Entomologia – Genética de Populações (Seminário de Entomologia), exatamente nessa ordem… (Se é que não esqueci nada!)

Abdicar de tudo essa semana pra estar livre semana que vem (ou praticamente livre)!

Tchau final de semana bacana! =’(

Preciso de tranquilidade para dar conta de VÁRIOS projetos!

Como diria minha AMIGA Lou “É fuminho…”

Preciso manter o nível!

=D =)

εїз

●๋° Elas ●๋°

Padrão

Nem sei o que falar de vocês… Minha vida, minha família, irmãs, sei lá…

Queria que soubessem que amo todas vocês, embora esteja muito afastada, e não vou culpar universidade, o problema sou eu mesma! Não sei o que há comigo!

Desculpem-me!!!

Elas

Familía? Nascemos com ela. Amigos? Escolhi os melhores para fazerem parte da minha vida.

Só depende de mim… εїз

Padrão

Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia noite. É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje.

Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição. Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício.

Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo.

Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso ser grato por ter nascido.

Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho.

Posso sentir tédio com o trabalho doméstico ou agradecer a Deus.

Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades.

Se as coisas não saíram como planejei posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar. O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma. Tudo depende só de mim.”

Charles Chaplin

εїз

SaudadE!

Padrão

Giz

Legião Urbana

Composição: Renato Russo / Dado Villa-Lobos / Marcelo Bonfá

E mesmo sem te ver
Acho até que estou indo bem
Só apareço, por assim dizer
Quando convém aparecer
Ou quando quero
Quando quero

Desenho toda a calçada
Acaba o giz, tem tijolo de construção
Eu rabisco o sol que a chuva apagou
Quero que saibas que me lembro
Queria até que pudesses me ver
És parte ainda do que me faz forte
E, pra ser honesto,
Só um pouquinho infeliz

Mas tudo bem
Tudo bem, tudo bem… (2x)
Lá vem, lá vem, lá vem
De novo:
Acho que estou gostando de alguém
E é de ti que não me esquecerei

 

“Estou num momento complicado, difícil, mas estou sereno. A dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional.” R. Russo