Ditados Populares em Linguagem Jurídica

Padrão

*A fêmea ruminante deslocou-se para terreno sáfaro e alagadiço.
Tradução: A vaca foi para o brejo!

*Desejo veementemente que V.Sa. receba contribuições inusitadas em vossa cavidade retal.
Tradução: Vá tomar no cú!

*Desejo veementemente que V.Sa. performe fornicação na imagem de sua própria pessoa.

Tradução: Vá se fuder!

*Creio que V.Sa. apresenta comportamento galhofeiro perante a situação aqui exposta.
Tradução: Você tá de sacanagem!

*Prosopopéia flácida para acalentar bovinos.
Tradução: Conversa mole pra boi dormir!

*Romper a face.
Tradução: Quebrar a cara!

*Creditar num primata.
Tradução: Pagar um mico!

*Inflar o volume da bolsa escrotal.
Tradução: Encher o saco!

*Impulsionar a extremidade do membro inferior contra a região glútea de outrem.
Tradução: Dar um pé na bunda!

*Derrubar, com a extremidade do membro inferior, o suporte sustentáculo de uma das unidades de acampamento.
Tradução: Chutar o pau da barraca!

*Deglutir  batráquio.
Tradução: Engolir  sapo!

*Introduzir o prolongamento caudal entre os membros inferiores.
Tradução: Enfiar o rabo no meio das pernas!

*Derrubar com intenções mortais.
Tradução: Cair matando!

*Eximir de qualquer tipo de sorte.
Tradução: Azarar!

*Aplicar a contravenção do Senhor João, este deficiente físico desprovido de um dos membros superiores.
Tradução: Dar uma de João sem braço!

*Sequer considerar a utilização de um longo pedaço de madeira.
Tradução: Nem a pau!

*Sequer considerando a possibilidade da fêmea bovina expirar fortes contrações laringo-bucais .
Tradução: Nem que a vaca tussa!

*Sequer considerando a utilização de instrumentos metálicos.
Tradução: Nem ferrando!

*Derramar água pelo chão através do tombamento violento e premeditado de seu recipiente com atremidade do membro inferior.
Tradução: Chutar o balde

*O orifício circular conjugado, localizado na parte ínfero-lombar da região glútea de um individuo em avançado estado etílico, deixa de estar em consonância com os ditames referentes ao direito individual de propriedade.
Tradução: CÚ DE BÊBADO NÃO TEM DONO!

About mundoparticularlay

Sou um ser humano. Pelo menos, suponho ser. Talvez mais que uma máquina ridícula de idéias antiquadas e sonhos impossíveis, porém honestamente, é isso que sou, mas me contento em olhar pro futuro e pensar que minhas idéias não são tão estúpidas e que, com grande esforço meus sonhos poderão virar realidade. Posso ser de um tudo (indiferente, excêntrica, implícita, exagerada, intensa, instigante, irônica, sarcástica, anti-social, incoerente, chata, cínica, entediada e por vezes entediante). A dona do ócio improdutivo, praticante do sedentarismo, inoperante, procrastinadora ostensiva. Sou perfeccionista, desastrada, arrependida e azarada, desmemoriada e ciumenta embora, tranqüila, sincera, tímida, tola, ingênua, compassiva e entregue. Não sou perfeita e tenho sérios problemas com a perfeição posso ser várias e mesmo assim, continuar sendo uma só. Então é isso, posso ser incomum, mas convivo bem com as diferenças, só não espere que eu incorpore as “normalidades”...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s