O tempo prova quem é quem…

Padrão

Sabe a frase dita por qualquer antepassado, pela sua avó, repassada à sua mãe que um dia te disse ou que você escutou até mesmo em mesa de botequim: “Não há nada melhor que o tempo para descobrir quem são as pessoas!”? ou “Nada melhor que o tempo para sarar as férias”? ou “O tempo provoca o esquecimento”? ou…

Pois é… São frases CORRETAS, CORRETÍSSIMAS!

Você chora, se esperneia, faz bico, coloca a culpa até no papa, acha que vai durar pra sempre e depois simplesmente passa! É como um gráfico de distribuição normal. Vou usar como exemplo a infecção e o relacionamento: Você termina daí se acha linda, poderosa, diz que vai arrasar (PERÍODO DE INCUBAÇÃO). Daí começa a pensar muito e chora de vez em quando (PERIODO PRODRÔMICO), em seguida, você se acha um lixo, não quer sair de casa, acha que o mundo vai acabar, chora, chora e chora (PERÍODOD DE DOENÇA, a partir daqui ou você se sara ou morre), mas daí você tem amigos que te amam e te alegram, e você sai, mas você ainda sofre, pensa no “falecido” (PERÍDO DE DECLÍNEO). Ai você se valoriza novamente, encontra outra pessoa que te dá atenção, te liga e faz tudo pra te agradar – coisinha de início de relacionamento, onde tudo são rosas – mas deixa rolar (PERÍODO DE COVALESCENCIA).

As memórias? Pois é algumas serão difíceis de esquecer ou são simplesmente inesquecíveis, isso por causa das emoções associadas a ela. Muitas substâncias!

Porém, esquecer é parte da nossa sobrevivência.

Por isso, sem citar nomes, coragem e força, amiga! Isso passa! Pode até demorar, mas passa! Conta comigo!

Em relacionamentos, ninguém é insubstituível!

Quando dá pra ficar amigo é legal, caso contrário… Paciência!

Bola pra frente
Cabeça erguida
Tudo bem isso é normal
Um desamor não pode ser fatal

Lay  ઇ‍ઉ.٠·

About mundoparticularlay

Sou um ser humano. Pelo menos, suponho ser. Talvez mais que uma máquina ridícula de idéias antiquadas e sonhos impossíveis, porém honestamente, é isso que sou, mas me contento em olhar pro futuro e pensar que minhas idéias não são tão estúpidas e que, com grande esforço meus sonhos poderão virar realidade. Posso ser de um tudo (indiferente, excêntrica, implícita, exagerada, intensa, instigante, irônica, sarcástica, anti-social, incoerente, chata, cínica, entediada e por vezes entediante). A dona do ócio improdutivo, praticante do sedentarismo, inoperante, procrastinadora ostensiva. Sou perfeccionista, desastrada, arrependida e azarada, desmemoriada e ciumenta embora, tranqüila, sincera, tímida, tola, ingênua, compassiva e entregue. Não sou perfeita e tenho sérios problemas com a perfeição posso ser várias e mesmo assim, continuar sendo uma só. Então é isso, posso ser incomum, mas convivo bem com as diferenças, só não espere que eu incorpore as “normalidades”...

One response »

  1. Isso mesmo, tudo passa! E não importa quanto tempo será preciso, e sim, todas as lições que irá obter dele. O tempo fere, mas ele ensina. Ele não é inimigo, é um alido. E enquanto ele não passar, nós estaremos contigo para dar-te a força que necessitas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s