Hoje eu estou com vontade de escrever,

Padrão

acho que vocês já perceberam isso né?! Afinal já postei 2 vezes hoje! Isso não significa que estou com tempo, significa que estou nervosa e quando eu estou nervosa eu não consigo fazer o que eu realmente deveria estar fazendo, mas… Tudo bem, vamos mudar de assunto, porque “fazer algo” me lembra monografia e monografia me lembra dados que me lembram coisas para fazer… E tantas coisas que se ligam a tudo como um emaranhado de coisas para fazer! Ah… (¬¬’)

Então… O que falar?

Sei lá, eu poderia falar do Japão e como tudo está conturbado  e falar do perigo da radiação por lá, mas os jornais já falam isso a toda hora e minuto e te atualizam, afinal o dado mais atualizado que eu escrever aqui estará desatualizado daqui a duas horas…

Na realidade qualquer coisa que eu fale ou escreve pode se tornar obsoleta em alguns minutos! (=O) Nada é estático (como nas idéias de Heráclito de Efêso), tudo está em constante movimento! Isso me lembra sua frase “Ninguém entra duas vezes no mesmo rio”… Antes eu ficava pensando em entrar sair e depois correr até um lugar mais adiante, daí seria o mesmo rio ainda! Retardado? Eu sei (¬¬’)

Tive 4 interrupções escrevendo esse final!

Agora cansei de interrupções, vou fazer outras coisas…

BeijosSs

About mundoparticularlay

Sou um ser humano. Pelo menos, suponho ser. Talvez mais que uma máquina ridícula de idéias antiquadas e sonhos impossíveis, porém honestamente, é isso que sou, mas me contento em olhar pro futuro e pensar que minhas idéias não são tão estúpidas e que, com grande esforço meus sonhos poderão virar realidade. Posso ser de um tudo (indiferente, excêntrica, implícita, exagerada, intensa, instigante, irônica, sarcástica, anti-social, incoerente, chata, cínica, entediada e por vezes entediante). A dona do ócio improdutivo, praticante do sedentarismo, inoperante, procrastinadora ostensiva. Sou perfeccionista, desastrada, arrependida e azarada, desmemoriada e ciumenta embora, tranqüila, sincera, tímida, tola, ingênua, compassiva e entregue. Não sou perfeita e tenho sérios problemas com a perfeição posso ser várias e mesmo assim, continuar sendo uma só. Então é isso, posso ser incomum, mas convivo bem com as diferenças, só não espere que eu incorpore as “normalidades”...

One response »

  1. Oww lay!!

    O tempo não tem medidas permanentes. Queremos enquadrá-lo e senti-lo completo, mas ele foge das tipologias. Somos muita coisa e flutuamos pelas suas encruzilhadas.
    Estamos na vida, bordando as palavras, para não apagar o ontem. Os acordes das sinfonias de Wagner se cruzam com os concertos de Vivaldi. Os poemas de Octavio Paz acalentam recordações do amor de Tristão e Isolda. As diferenças se manifestam, para que não nos descuidemos dos outros.

    Eu nunca descuido de pensar em vc!!
    Bjss!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s