Monthly Archives: Julho 2012

Vamos falar de orgasmos?

Padrão

Oi pessoas… Primeiramente, fiquei super-feliz ao abrir o blog hoje e ter o dobro de visitas do que normalmente observo e queria agradecer muito a todos que dão uma passadinha por aqui de vez em quando! Fiquei tão feliz que decidi falar sobre orgasmos. Quer coisa mais feliz que isso? Rs

Bem, muitos, tanto homens quanto mulheres, tem dúvidas sobre esse assunto, qual a maneira de nunca errar, qual dos orgasmos é mais prazeroso, dificuldades, etc., etc.

Existem no corpo humano áreas que possuem uma sensibilidade demasiada aos carinhos, até mesmo aos mais simples… São as chamadas ‘Zonas Erógenas’, que acho, muita gente já ouviu falar… Essas se espalham por todo o corpo e incluem desde as óbvias genitálias, o clitóris, vulva, o prepúcio, pele perianal, escroto, os lábios, boca e mamilos, que alguns homens nem dão bola pros tadinhos.

Todos esses pontos, além de tantos outros, afinal cada um sente a ‘coisa’ de uma  forma diferente, chamados de pontos inespecíficos, causam… excitação sexual. Pois bem, muitas mulheres tem problemas em conseguir chegar no tão sonhado orgasmo, por várias e várias variantes, medo, desconforto, falta de estímulos…

O orgasmo é o ápice do prazer, é o clímax. Muitas mulheres o descrevem como uma sensação gostosa, mas o certo é que não há como descrever de maneira corretíssima o que as mulheres sentem na hora do clímax, orgasmo ou gozo, como queiram.

“Por muito tempo foi dado como certo que só existiam dois tipos de orgamos femininos: o imaturo (pelo estímulo do clitóris) e o maduro (vaginal). mdemulher

É, mas existem outros tipos de orgasmos, como afirmou a Sandy ‘É possível ter prazer anal‘… Rs e não só com ele, vou pegar emprestada as dicas dadas pelo site mdemulher e listar alguns deles pra vocês:

1. O ponto U, até então inexplorado

A uretra – por onde sai a urina – é um ponto de prazer para muitas mulheres – o que não é de surpreender, já que fica entre o clitóris e a entrada da vagina, área supersensível. Pressioná-la ou massageá-la com os dedos ou a língua, abusando de movimentos circulares ou de cima para baixo, pode levar você a um clímax delícioso!

2. Ponto G e zona AFE

Para dar um descanso ao clitóris, procure o orgasmo estimulando o ponto G – aquela parte da vagina do tamanho de uma moedinha situada acima do osso púbico. Ou a zona AFE (sigla do inglês anterior fornix erotic, traduzindo, entrada erótica anterior), que fica na mesma parede vaginal, só que perto do colo do útero. Enquanto o G é um ponto bem preciso, a AFE é uma zona esponjosa maior e menos definida. Tem, porém, a vantagem de responder a estímulos suaves; o G só reage a contatos firmes. São fatos importantes para seu amado saber, antes de explorar com os dedos essas fontes de prazer. Para chegar ao orgasmo dessa forma, a posição ideal é a penetração num ângulo de 90 graus, com o gato de pé ou ajoelhado.

3. A magia dos seus seios

O respeitado sexólogo Herbert Otto garante que o estímulo dos seios é a segunda forma mais comum de uma mulher chegar ao clímax. Exagero? Pode ser. Mas não resta dúvida de que uma sessão de estímulos com a língua, os lábios e os dentes é de enlouquecer. E ao que parece esse tipo de orgasmo é mais frequente do que se imagina: numa pesquisa com 500 mulheres, 29% garantiram já ter experimentado. (Eu, particularmente, fico toda arrepiada só de ver essa imagem!)

4. Contatos imediatos com o clitóris

Esqueça as proibições.

É fato: ele é o “botão mágico” do nosso corpo. Quando as mãos são usadas, movimentos circulares e para a frente e para trás fazem maravilhas. Uma técnica muito eficiente é a “borboleta de Vênus”: enquanto uma das mãos acaricia o bumbum e o ânus (mas sem penetração), o anular e o médio da outra mão estimulam o clitóris para cima e para baixo – a ideia é que o movimento seja rápido e suave como o bater das asas de uma borboleta. Outra técnica de sucesso: o homem separa os lábios vaginais e massageia o clitóris com um ou dois dedos, em movimentos circulares ou laterais. Embora mãos competentes sejam uma glória, dificilmente superam a língua em destreza. O que se espera que um bom amante faça com a boca lá embaixo? Use toda a língua, não apenas a ponta, pois cada parte proporciona uma sensação diferente ao toque. Uma das técnicas mais enlouquecedoras é “escrever” todo o alfabeto com a língua. Outra: dar leves batidas com a ponta (mas sem exagerar). E há uma terceira, que chamaremos de SNRD (sente-se no rosto dele) – o nome dispensa explicações, não é? Estimular o clitóris com vibradores é mais uma variação bem-vinda. Melhor ainda se forem dois ou mais ao mesmo tempo, com texturas diferentes. Pedir ao seu amor que os use em você é instrutivo para ele e um bocado excitante para os dois.

5. Em busca do ápice vaginal

Algumas posições favorecem o prazer vaginal. As mais recomendadas são a mulher por cima – que, como você já deve saber, tem a vantagem extra de deixar seu amado doido de tesão porque, animal visual que é, fica fascinado com a imagem de seus seios tão perto do rosto e da boca e com sua expressão de prazer. O homem por cima também é favorável porque a penetração profunda e a força que o corpo dele exerce desencadeiam sensações prazerosas em toda a vagina. Para algumas mulheres, um pênis grosso é a melhor opção para chegar a um maravilhoso orgasmo vaginal. Já para as que têm maior sensibilidade na parte mais profunda do colo do útero, um comprido satisfaz à beça. Qual é o seu caso? Em pé, de lado, sentados, de joelhos, por trás… são posições que também levam a esse tipo de orgasmo – mas saiba já: ele nunca será o mais comum, nem o mais fácil, nem o mais intenso.

6. O encanto do mais proibido dos carinhos

Na lista de possíveis fontes de prazer não pode faltar o ânus, com suas terminações nervosas altamente excitáveis. Ele pode ser estimulado com os dedos, a boca, o pênis ou brinquedos eróticos como vibradores e bolinhas. Apenas, antes de se aventurar, tome o cuidado de usar um bom lubrificante para dilatar o esfíncter. Vale tentar.

Dicas muito legais! E ai? Vai experimentar…

P.S. “Mas, lembre-se: orgasmo não é poesia. Temos uma imagem errada desta pequena explosão corporal de prazer. Não vemos estrelas nem fogos de artifício como muitas pessoas pensam. Ou seja, atingir o clímax é uma delícia, o orgasmo é marcante e nos faz perder o fôlego por alguns segundos, mas não fantasie demais. Deste jeito, tudo fica mais difícil: atingir o orgasmo será mais complicado e, se você tiver um, pode ficar frustrada porque os sinos não tocaram… (Terra)”

Relacionamento, por Martha Medeiros

Padrão

Pode invadir ou chegar com delicadeza, mas não tão devagar que me faça dormir. Não grite comigo, tenho o péssimo hábito de revidar. Acordo pela manhã com ótimo humor, mas permita que eu escove os dentes primeiro. Toque muito em mim, principalmente nos cabelos e minta sobre minha nocauteante beleza. Tenho vida própria, me faça sentir saudades, conte algumas coisas que me façam rir, mas não conte piadas e nem seja preconceituoso, não perca tempo, cultivando este tipo de herança de seus pais. Viaje antes de me conhecer, sofra antes de mim para reconhecer-me um porto, um albergue da juventude. Eu saio em conta, você não gastará muito comigo. Acredite nas verdades que digo e também nas mentiras, elas serão raras e sempre por uma boa causa. Respeite meu choro, me deixe sozinha, só volte quando eu chamar e, não me obedeça sempre que eu também gosto de ser contrariada. (Então fique comigo quando eu chorar, combinado?). Seja mais forte que eu e menos altruísta! Não se vista tão bem… Gosto de camisa para fora da calça, gosto de braços, gosto de pernas e muito de pescoço. Reverenciarei tudo em você que estiver a meu gosto: boca, cabelos, os pelos do peito e um joelho esfolado, você tem que se esfolar as vezes, mesmo na sua idade. Leia, escolha seus próprios livros, releia-os. Odeie a vida doméstica e os agitos noturnos. Seja um pouco caseiro e um pouco da vida, não de boate que isto é coisa de gente triste. Não seja escravo da televisão, nem xiita contra. Nem escravo meu, nem filho meu, nem meu pai. Escolha um papel para você que ainda não tenha sido preenchido e o invente muitas vezes.

Me enlouqueça uma vez por mês mas, me faça uma louca boa, uma louca que ache graça em tudo que rime com louca: loba, boba, rouca, boca. Goste de música e de sexo. Goste de um esporte não muito banal. Não invente de querer muitos filhos, me carregar pra a missa, apresentar sua família — isso a gente vê depois — se calhar. Deixa eu dirigir o seu carro, que você adora. Quero ver você nervoso, inquieto, olhe para outras mulheres, tenha amigos e digam muitas bobagens juntos. Não me conte seus segredos, me faça massagem nas costas. Não fume, beba, chore, eleja algumas contravenções. Me rapte! Se nada disso funcionar, experimente me amar!

#DicaDoDia: Limpando camurça

Padrão

A dica é usar água e condicionador. Só um pouquinho de cada e preferencialmente algum condicionar ou creme de tratamento que tenha cor branca para não correr o risco de haver pigmentos que possam alterar a cor da sua camurça, lembrando que pode ser usado em qualquer cor de camurça. O condicionador, além de limpar, ajuda a hidratar a camurça e renova o aspecto do seu sapato, bolsa, cinto, qualquer que seja o produto feito com o material.

 

A foto é minha (uma suja e a outra limpinha) =) e a dica é direto do site da <Dona Perfeitinha>

::: Diante desta profusão de descobertas, acho mais seguro não mudar de hábitos.

Padrão

Acho a maior graça. Tomate previne isso, cebola previne aquilo, chocolate faz bem, chocolate faz mal, um cálice diário de vinho não tem problema, qualquer gole de álcool é nocivo, tome água em abundância, mas não exagere…

Diante desta profusão de descobertas, acho mais seguro não mudar de hábitos.

Sei direitinho o que faz bem e o que faz mal pra minha saúde.

 Prazer faz muito bem.

Dormir me deixa 0 km.

Ler um bom livro faz-me sentir novo em folha.

Viajar me deixa tenso antes de embarcar, mas depois rejuvenesço uns cinco anos.

Viagens aéreas não me incham as pernas; incham-me o cérebro, volto cheio de ideias.

Brigar me provoca arritmia cardíaca.

Ver pessoas tendo acessos de estupidez me embrulha o estômago.

Testemunhar gente jogando lata de cerveja pela janela do carro me faz perder toda a fé no ser humano.

E telejornais… Os médicos deveriam proibir – como doem!

Caminhar faz bem, dançar faz bem, ficar em silêncio quando uma discussão está pegando fogo, faz muito bem! Você exercita o autocontrole e ainda acorda no outro dia sem se sentir arrependido de nada.

Acordar de manhã arrependido do que disse ou do que fez ontem à noite é prejudicial à saúde!

E passar o resto do dia sem coragem para pedir desculpas, pior ainda!

Não pedir perdão pelas nossas mancadas dá câncer, não há tomate ou mozarela que previna.

Ir ao cinema, conseguir um lugar central nas fileiras do fundo, não ter ninguém atrapalhando sua visão, nenhum celular tocando e o filme ser espetacular, uau!

Cinema é melhor pra saúde do que pipoca!

Conversa é melhor do que piada.

Exercício é melhor do que cirurgia.

Humor é melhor do que rancor.

Amigos são melhores do que gente influente.

Economia é melhor do que dívida.

Pergunta é melhor do que dúvida.

Sonhar é melhor do que nada!

 Martha Medeiros

<Si, Fosse Algo seria o Nada>

 

 

 

54ª Festa do Estudante de Triunfo – Temporada de Inverno

Padrão

PROGRAMAÇÃO DO PÓLO CULTURA SERTANEJA – Pólo Beto’s Bar
Homenagem a Luiz Gonzaga e Otoni Propaganda “Carro da Pitú”

21/07 | Sábado 
11h –
 Projeto Cardápio Musical – 40 Anos de Carreira dos Três do Nordeste
13h – Forrozão Mala e Cuia
14h30 – Homenagem a Otoni Propaganda “Carro da Pitú”
15h – Josildo Sá
16h30 –Chorões do Pajeú

22/07 | Domingo 
11h –
 Projeto Cardápio Musical – Centenário de Luiz Gonzaga
13h – As Severinas
14h30 – Homenagem a Otoni Propaganda “Carro da Pitú”
15h – Genailson do Acordeon

23/07 | Segunda-Feira 
11h –
 Projeto Cardápio Musical – Jackson do Pandeiro
13h – Mesão de Forró
15h – Encontro de Sanfoneiros e Forrozeiros de Triunfo e Região

24/07 | Terça-Feira 
11h –
 Projeto Cardápio Musical – Paulo Matricó
15h – Zé Marques e Cidinha Guedes

25/07 | Quarta-Feira 
11h –
 Projeto Cardápio Musical – Dominguinhos
15h – Marquinhos Sanfoneiro

26/07 | Quinta-Feira 
11h –
 Projeto Cardápio Musical – Assisão
15h – Lucivaldo Ferreira e Franck Trama
16h30 – Rafael Veríssimo

27/07 | Sexta-Feira 
11h –
 Projeto Cardápio Musical – Biliu de Campina
13h – 1º Encontro de Declamadores e poetas de Triunfo, com lançamento dos livros de Rui Vieira e Aparecida Flosi.
14h30 – Homenagem a Otoni Propaganda
15h – Dupla Sertaneja

28/07 | Sábado 
11h –
 Projeto Cardápio Musical – Zé Marcolino
13h – Forró Global
14h30 – Homenagem a Otoni Propaganda
15h – Vozes do Campo – Participação Especial Josildo Sá
16h30 – Zé do Brejo – Participação Cidinho Forrozeiro

<BOOM>