Diálogo – Penny Dreadful 2X02: Verbis Diablo

Padrão

– Você tem alguma religião?

– Está me oferendo uma?

– Você necessita?

– Nunca precisei.

– Então não oferecerei. Eu não seria um bom exemplo. O Todo-Poderoso e eu temos um passado difícil. Não tenho certeza se ainda nos falamos.

– Eu li a bíblia quando era jovem, mas então descobri Wordsworth e as antigas plenitudes e parábolas pareceram anêmicas… Até mesmo desnecessárias.

– Sr. Wordsworth tem muito pelo que responder, então.

– Não é isso, Srtª Ives. A glória da vida sobrepuja o medo da morte. Bons cristãos temem o fogo do inferno, e para evita-lo, são gentis com o próximo. Bons pagãos não têm esse medo, então podem ser quem eles são, bons ou maus como sua natureza ditar. Não temos Deus, então não devemos a ninguém a não ser a nós mesmos.

– Essa é uma profunda responsabilidade.

– E o porquê de você fazer isso, sem dúvidas, ajudando os que precisam.

– Eu vim aqui por motivos egoístas.  Você realmente não acredita no céu?

– Eu acredito neste mundo e nas criaturas que o habitam. Isso sempre foi o suficiente para mim. Olhe ao seu redor Mistérios sagrados em cada esquina.

– Mas nenhuma exaltação na vida além disso?

– “Para ver o mundo num grão de areia e o céu numa flor selvagem, segura o infinito na palma da mão e a eternidade em uma hora.”

– Com respeito ao Black, não vejo flores selvagens aqui, apenas dor e sofrimento.

– Então você precisa olhar mais de perto.

Diálogo entre Vanessa e John Clare

 

 

 

 

About mundoparticularlay

Sou um ser humano. Pelo menos, suponho ser. Talvez mais que uma máquina ridícula de idéias antiquadas e sonhos impossíveis, porém honestamente, é isso que sou, mas me contento em olhar pro futuro e pensar que minhas idéias não são tão estúpidas e que, com grande esforço meus sonhos poderão virar realidade. Posso ser de um tudo (indiferente, excêntrica, implícita, exagerada, intensa, instigante, irônica, sarcástica, anti-social, incoerente, chata, cínica, entediada e por vezes entediante). A dona do ócio improdutivo, praticante do sedentarismo, inoperante, procrastinadora ostensiva. Sou perfeccionista, desastrada, arrependida e azarada, desmemoriada e ciumenta embora, tranqüila, sincera, tímida, tola, ingênua, compassiva e entregue. Não sou perfeita e tenho sérios problemas com a perfeição posso ser várias e mesmo assim, continuar sendo uma só. Então é isso, posso ser incomum, mas convivo bem com as diferenças, só não espere que eu incorpore as “normalidades”...

One response »

  1. Pode crer,… essa serie é foda, alem dos cenários e tramas, o que mais chama atenção são os diálogos, com falas muito bem pensadas e a referencias a vários poetas e escritores, muito bom!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s